sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

A mudança do berço para a cama baixa.

A Maria a partir dos 2 anos e meio já não conseguia esperar sossegada no berço quando acordava.
A passagem para uma cama mais baixa foi inevitável para evitar acidentes. Foram várias as vezes que cheguei ao quarto e já estava a tentar trepar as grades...

Antes de me perder com as várias soluções de camas que existem no mercado, e ter acesso a várias dificulta ainda mais a escolha, resolvi experimentar um colchão com estrado mesmo junto ao chão (influenciada pelo método montessoriano que usamos na This Little Room).
A Maria adorou.
De noite acordava em sobressalto com medo que ela estivesse na sala ou noutra divisão da casa, mas como é bastante dorminhoca, encontrava-a sempre na cama. Quando acordava ou ia ter connosco ao quarto ou começava logo a brincar com as coisas dela.

Aquela minúscula liberdade que lhe tinha dado transformou-a e confesso que adorei isso. A minha bebé estava a crescer e até ter comprado a cama que agora tem, a experiência foi muito boa.

Claro que, ao início, encontrei-a algumas vezes no chão que preparava sempre com várias almofadas para "amortecer a queda".

Para adormecer era muito melhor, porque se antes ela não adormecia na cama de grades por nada deste mundo, desde a mudança que adora ouvir as histórias já deitada na cama dela.

E de repente a cama de grades deu lugar a uma caminha mais baixa, que funcionava também para "sítio" de histórias ou brincadeiras com os primos ou amigos. Até eu cheguei a adormecer lá, de cansaço, uma ou outra vez depois da história.
A da Maria era como esta:


Mas as minhas preferidas são estas que só não mandei fazer na altura porque estávamos quase a mudar de casa:





Para pedido de orçamento:
geral@thislittleroom.pt

Beijinhos
Kátia



Sem comentários:

Enviar um comentário